>> ORIXÁS <<
Os orixás são divindades ligadas às forças da natureza, não possuindo corpo físico. Na África existiam mais de quatrocentos orixás, mas poucos deles chegaram ao Brasil através dos escravos. Em razão do sincretismo religioso, erroneamente os orixás são confundidos com santos. Na época da escravidão, em razão da proibição da livre manifestação religiosa pela igreja e pelos senhores do engenho, os escravos associaram cada orixá à imagem de um santo da Igreja Católica, para, assim, poderem prestar seus cultos religiosos. Os orixás não são - e nunca serão - ‘santos', isso porque todos os santos foram encarnados, ou seja, tinham um corpo físico, o que não é o caso dos orixás, que não possuem corpo físico, apenas axé - força e energia. Pode-se dizer, assim, que cultuar os orixás é respeitar a natureza, a própria essência deles.

EXÚ - é o orixá dos caminhos, ruas, estradas e encruzilhadas. É o mensageiro dos orixás, faz a ligação entre os mundos terreno e espiritual. Muito temido, pois equivocadamente associado ao demônio cristão.

Filiação: Iemanjá e Oxalá

Cores: Vermelho e Preto

Símbolo: Tridente

Domínio: Ruas e encruzilhadas

Saudação: Laroiê

Dia: segunda-feira

Frutas: todas, exceto banana

Flor: Palmas vermelhas

Comidas: Farofas, pinga e pipoca

Pedra: Turmalina negra

Mineral: Carvão e carbureto

OGUM - orixá guerreiro, das lutas, combatente, invocado para quebrar demandas, abrir caminhos. Irmão de Exú e Oxóssi. É o orixá do ferro, por isso tornou-se protetor dos barbeiros, carpinteiros e mecânicos.

Filiação: Oduduá e Iemanjá

Cores: Azul escuro ou Vermelho e branco

Símbolo: Espada/Lança

Domínio: Ferro e Bronze

Saudação: Ogunhê ou Ogum Patacori

Dia: terça-feira

Frutas: manga espada ou obi

Flor: Palmas ou cravos vermelhos

Comidas: Inhami, pipoca, feijão preto ou cerveja clara

Pedra: Diamante e Lápis-Lazuli

Metal: Ferro

Sincretismo: São Jorge Guerreiro

OXÓSSI - orixá das matas, caçador exímio. É o orixá da fartura, dando-nos os alimentos para a sobrevivência. Protetor dos animais e das florestas.

Filiação: Iemanjá e Oxalá

Cores: Azul claro ou Verde

Símbolo: Arco e Flecha

Domínio: Matas

Saudação: Okê Arô

Dia: quinta-feira

Frutas: todas as frutas doces e obi

Flor: Flores do campo

Comidas: milho cozido com pedados de côco (axoxô), feijão fradinho, espigas de milho verde, vinho moscatel

Pedra: Esmeralda e Turquesa

Metal: Bronze

Sincretismo: São Sebastião

LOGUM-EDÉ - orixá ligado às matas e cachoeiras, à prosperidade e ao amor. Foi proclamado príncipe por sua beleza. Vive seis meses nas matas e se alimenta das caças. E vive seis meses nas cachoeiras, quando se alimenta de peixes. É um grande feiticeiro.

Filiação: Oxóssi e Oxum

Cores: Azul claro e Amarelo ouro

Símbolo: Cavalo Marinho ou Arco e flecha ou Leque

Domínio: Cachoeiras e Matas

Saudação: Oriki

Dia: quinta-feira

Frutas: banana prata, obi ou frutas doces

Flor: Palmas ou Rosas amarelas

Comidas: milho cozido com côco (axoxô) ou feijão fradinho, camarão e cebola (omolocum)

Pedra: Topázio e Turquesa

Metal: Ouro

Sincretismo: Santo Expedito

OSSAIM - orixá das folhas, da curas pelas ervas medicinais. Deve ser invocado para purificação e solucionar problemas de saúde. Orixá ligado às florestas e agricultura.

Filiação: Oxalá e Iemanjá

Cores: Verde e Branco

Símbolo: Elemento de três pontas com um pássaro no centro

Domínio: Cura

Saudação: Eu eu assa

Dia: quinta-feira

Frutas: obi

Flor: Cróton

Comidas: Farofa com fumo e mel

Pedra: Esmeralda e Turmalina

Metal: Estanho

Sincretismo: São Benedito

OXUMARÊ - orixá do arco-íris, transporta água da terra para o mundo astral. É representado em forma de serpente. Está ligado à riqueza e à prosperidade, tendo o poder de regular as chuvas e as secas.

Filiação: Nanã e Oxalá

Cores: Verde e Amarelo

Símbolo: Serpente

Domínio: Arco-íris

Saudação: Arriboboi

Dia: terça-feira

Frutas: obi

Flor: Palmas amarelas

Comidas: bolinhos de inhami cozidos recheados com mel

Pedra: Ágata e Safira

Metal: Ouro

Elemento: Céu e Terra

Sincretismo: São Bartolomeu

IROCÔ (LOKO ou TEMPO ou KATENDE) - orixá de origem daomeana, o primeiro filho de oxalá. Orixá severo e muito respeitado, e representa a árvore gameleira branca. É justiceiro e faz a comunicação entre os mundos terreno e espiritual.

Filiação: Nanã e Oxalá

Cores: Branco e Cinza

Símbolo: Cajado

Domínio: Tempo

Saudação: Irocô-i-só

Dia: terça-feira

Flor: Flores brancas

Comidas: quiabo picado, batido com mel

Elemento: árvore gameleira branca

Sincretismo: São Francisco de Assis ou São Lourenço

IFÁ - orixá dos jogos divinatórios, tem o dom de prever e dominar o futuro.

Cores: Branca

Domínio: Futuro

Saudação: Agô-ifá

Dia: segunda-feira

IBEJI - divindades gêmeas. Filhos que Inhasã abandonou nas águas e fr=oram criados por Oxum. Orixá ligado à fertilidade e protetor das crianças.

Filiação: Inhasã e Xangô

Cores: Todas as cores, exceto preto

Símbolo: Dois bonecos iguais

Domínio: Fertilidade e Fecundação

Saudação: Onibeijada

Dia: domingo

Frutas: todas as frutas doces

Flor: todas

Comidas: carurú, doces e refrigerantes

Pedra: Opala

Sincretismo: São Cosme e São Damião

OMULU (OBALUAIÊ ou XAPANÃ) - orixá respeitado por ser conhecido como muito exigente. Tem o poder sobre as doenças, causando-as e curando-as. Grande feiticeiro, capaz de neutralizar energias negativas. Omulu é a manifestação idosa do orixá, enquanto Obaluaiê é a sua manifestação jovem.

Filiação: Nanã e Oxalá

Cores: Branco e Preto

Símbolo: Xaxará (espécie de vassoura com que varre as energias negativas)

Domínio: Doenças

Saudação: Atotô

Dia: segunda-feira

Frutas: abacaxi ou orogbo

Flor: Flor de Bananeira

Comidas: pipoca regada com mel e pedaços de côco.

Pedra: Ônix e Turmalina Negra

Metal: Chumbo

Sincretismo: São Lázaro

INHASÃ (OYA) - primeira orixá feminina a se apresentar na cerimônias de candomblé. Orixá guerreira ligada aos ventos e às tempestades. Orixá do rio Níger, nome pelo qual ela é conhecida na África. A primeira esposa de Xangô, tendo domínio sobre os eguns (almas).

Filiação: Iemanjá e Oxalá

Cores: Laranja e Coral

Símbolo: Espada ou Eruêxim (chicote feito com rabo de cavalo)

Domínio: Ventos, Tempestades e Fogo

Saudação: Eparrei

Dia: quarta-feira

Frutas: manga rosa ou obi

Flor: Rosas champanhe ou Palmas vermelhas

Comidas: acarajé

Pedra: Coral ou Terracota

Metal: Cobre

Sincretismo: Santa Bárbara

OXUM - orixá dos rios e cachoeiras, dona de grande beleza. Orixá ligada ao ouro, representada a riqueza, fertilidade e sensualidade.

Filiação: Iemanjá e Oxalá

Cores: Amarelo ou Dourado

Símbolo: Abebê (espelho em forma de leque)

Domínio: Amor e Prosperidade

Saudação: Oraieie-ô

Dia: sábado

Frutas: banana ouro, melão, laranja lima

Flor: Flores amarelas

Comidas: omolocum (pasta de feijão fradinho, camarão, azeite de dendê e cebola).

Pedra: Coral, Ametista e Topázio

Metal: Ouro, Cobre, Latão e Bronze

Elemento: Rios e Cachoeiras

Sincretismo: Nossa Senhora (diversas)

NANÃ (BUROKÊ) - orixá mais velha das águas; poderosa e misteriosa, tem domínio sobre a vida e a morte. Primeira esposa de Oxalá, tendo com ele três filhos, Irocô, Obaluaiê e Oxumarê. Nanã tem uma vassoura mágica com a qual varre as energias negativas. Orixá ligada à agricultura.

Cores: Roxo, Branco ou Lilás

Símbolo: Ibiri (cetro)

Domínio: Lama, pântanos e fundo do mar

Saudação: Saluba

Dia: terça-feira ou sábado

Frutas: melão ou obi

Flor: Manacá ou Crisântemo Lilás

Comidas: moqueca, arroz de aussá, folhas de mostarda

Pedra: Turmalina Rosa e Ametista

Metal: Latão

Elemento: terra e água (lama)

Sincretismo: Santa Ana

OBÁ - orixá guerreira, caçadora, ligada às águas doces. Terceira esposa de Xangô.

Filiação: Iemanjá e Oxalá

Cores: Laranja, Vermelho e Branco

Domínio: Guerra

Saudação: Obá-xirê

Dia: quarta-feira e sábado

Flor: Flores vermelhas

Comidas: acarajé, acaçás branco

Pedra: Granada

Metal: Cobre

Elemento: água doce em movimentos bruscos

Sincretismo: Joana D'Arc

EWÁ - orixá guerreira, misteriosa e com poderes mágicos. Gosta de coisas refinadas e tem ligação com as paixões. É silenciosa, tem poder de vidência e transmutação.

Filiação: Obatalá e Nanã

Cores: Magenta ou Cobre

Símbolo: Espada de Cobre

Domínio: Chuva e fontes

Saudação: Rinró

Dia: sábado

Flor: Flores vermelhas

Comidas: banana da terra frita no dendê e batata doce.

Pedra: Rubi

Metal: Ouro, Prata e Cobre

Elemento: Fogo

Sincretismo: Nossa Senhora das Neves

OXALÁ - orixá maior, simboliza a pureza, a cor branca. É o deus da criação.

Filiação: Olorum

Cores: Branco

Símbolo: Apaxorô

Domínio: Criação

Saudação: Epa-babá

Dia: sexta-feira

Frutas: uva branca, pêra d'água e obi branco

Flor: todas as flores brancas

Comidas: milho branco cozido com mel, acaçás branco

Pedra: Cristal

Metal: Prata ou Ouro Branco

Sincretismo: Jesus Cristo.

 
Entrar no Site Entar no Site
   

 
Produzido pela equipe tarotdoamor, proibida cópia ou reprodução sem autorização prévia. Sujeito a sanções previstas em leis.
Tarot do Amor Todos os direitos reservados  
E-mail: contato@tarotdoamor.com.br 

 Site desenvolvido por: www.comercialweb.com.br